Pilares Consultoria & Treinamento
Gestão Industrial
TPM_MAnuteno.JPG

TPM

TOTAL PRODUCTIVE MAINTENANCE

Objetivo:

A TPM (Manutenção Produtiva Total - Total Productive Maintenance) é um processo que possibilita a melhoria contínua no chão de fábrica. É definido como: equipes multifuncionais trabalhando para redução de custos e melhorias no rendimento global dos equipamentos e processos dentro de suas áreas de trabalho.

O TPM servirá de estrutura para que a empresa atinja e mantenha um nível mundial de excelência de manufatura, medindo e corrigindo todas as perdas resultantes de equipamentos, processos e organizações ineficientes. É uma filosofia originada no Japão após segunda guerra mundial, juntamente o Sistema de Produção Toyota, o Just in Time, e outras ferramentas.

A Manufatura Produtiva Total, ou ainda Manutenção Produtiva Total, como também é conhecida, surgiu devido a um avanço dos processos de manutenção corretiva, preventiva e preditiva.

Os objetivos finais do TPM são descritos como:
• Zero acidentes, zero defeitos e zero perdas;
• Desenvolvimento de "WorkGroups" (equipes semi autônomas) que são responsáveis por gerar melhorias e mantê-las de uma forma consistente ao longo do tempo, atuando pró ativamente em vez de reativamente.


















Conteúdo Programático:

1. O que é Manutenção Produtiva Total – TPM / MPT.
• Origem e Desenvolvimento
• Conceitos, Características e Principais Objetivos.

2. Semelhanças e diferenças entre TPM e TQM

3. Os Oito Pilares Básicos do Programa TPM.
• Pilares de Confiabilidade
• Pilares de Apoio a Gestão Empresarial
3.1. Pilar de Manutenção Autônoma (Jishu Hozen).
• Objetivos do Pilar
• O 5S na Manutenção Autônoma
• Os Oito Passos para Implantar a Manutenção Autônoma
• Exemplos de Padrões Técnicos: Limpeza, Lubrificação e Inspeção
3.2. Pilar de Melhorias Específicas (Kobetsu Kaisen).
• Objetivos do Pilar
• As Perdas Operacionais – Conceitos e as 16 Perdas do TPM
• As Sete Perdas Principais de uma Operação Seriada
• Eficiência Global de Equipamentos – OEE (Overall Equipment Effectiveness) – Conceito e Tabela de Cálculo.
• Relação entre OEE e as Perdas Operacionais
• Rendimento Global do Equipamento e da Planta
3.3. Pilar de Manutenção Planejada.
• Objetivos do Pilar
• Manutenção Industrial – Tipos e Tendências da Manutenção Industrial.
• Conceitos de RCM – Manutenção centrada na Confiabilidade
• Conceitos de PMO – Otimização da Manutenção Preventiva
• Comparação entre TPM, RCM e PMO.
• Os Seis Passos para Implantar a Manutenção Planejada
3.4. Pilar de Educação e Treinamento.
• Níveis de Capacitação
• Os Seis Passos para melhorar as Habilidades Operacionais – Manutenção e Operação
• Conceito de Treinamento de Um Ponto
• Exercício de Fixação
3.5. Pilar Controle Inicial
• O que é Controle Inicial
• As quatro etapas para a fase inicial
• Custo do Ciclo de Vida
3.6. Pilar Manutenção da Qualidade
• Objetivos
• Atividades de QM
• Metas
• Políticas
• Exigências de dados – Defeitos internos e externos
3.7. Pilar Gestão Administrativa (TPM Office)
• Objetivos
• As 12 perdas da indústria
• Como iniciar o TPM de escritório
• Tópicos Kobetsu Kaizen para TPM de Escritório
• TPM de Escritório e seus Benefícios
• P Q C D S M no TPM de Escritório
3.8. Pilar Segurança, Saúde e Meio Ambiente
• Objetivos
• Metas
• Criação de Comitê

4. As Etapas para Implantação do Programa TPM.
• Preparação
• Introdução
• Implementação
• Institucionalização

5. Exemplos de Sucessos – Empresas e benefícios atingidos.

6. Anteprojeto Final – Desenvolvimento, Apresentação e Avaliação.

Público Alvo:
Profissionais de Manutenção, Produção, Qualidade, RH, Engenharia, Gerentes e Supervisores que reconhecem a importância da gestão de pessoas como assunto estratégico em ambientes competitivos e/ou em mudança constante.

Carga Horária:
16 (Dezesseis) horas – 2 dias

tpmpillars.jpg